InícioPortalCalendárioFAQTemploRegistrar-seConectar-se
Você está fora do Acampamento, entre para aproveitar nosso Acampamento

Compartilhe|

Seja Reclamado!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Ulisses
Funcionário do Acampamento
Funcionário do Acampamento
avatar

Mensagens : 62
Pontos : 21271
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/03/2012

Ficha de Personagem
Nível: 100
Vida Vida:
1000/1000  (1000/1000)
Energia Energia:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Seja Reclamado! Dom Jun 24, 2012 9:36 am

Aqui, o campista irá fazer sua oração ao seu possível progenitor. Assim que for feita ela, algum administrador irá avaliar e ver se você realmente se encaixa aos padrões de seu pai/mãe divino.
Na oração deve ter:

  • - Mínimo de 5 linhas.
    - Não tem máximo.
    - Enfeites (Negrito, Itálico, Cores, Fontes, Neon, etc)
    - Coerência
    - Gramática Correta
    - Referência
    - Características pessoais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jason Stifler Grace
Indeterminados
Indeterminados
avatar

Mensagens : 2
Pontos : 19972
Reputação : 100
Data de inscrição : 28/06/2012

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Qui Jun 28, 2012 2:59 pm

Eu estava ali desde muito tempo a mas ou menos uns 3 anos e eu já iria fazer os meus 16 e até agora não fui reclamado vi muitos serem reclamados e apenas eu ali no chalé de hermes,já perdia as esperanças mas eu não tinha para onde voltar minha casa foi destruída por um raio minha mãe foi morta eu não tinha ninguém para me apoiar só diziam que eu tinha um parente divino mas com certeza não era minha mãe eu vi ela morrendo mas por que eu sobrevivi aquele raio não sei andando pelo acampamento comecei a pensar quem poderia ser meu pai,após ter uma breve ideia de quem ele poderia ser fiz uma pesquisa sobre os filhos dele que me antecederam e por mas engraçado ele teve muitos filhos famosos então achei um filho que tinha o nome similar ao meu mas com apenas uma diferença eu possui a o sobrenome Stifler,procurei uma estatua de Zeus,então me ajoelhei perante a ele respirei fundo e por um minuto perdi a voz mas logo me concentrei e falei:

-Sei que nunca rezei para você mas venho rezar agora posso até estar enganado em cometer esse erro de você ser meu pai mas,vou tentar é tudo que me resta,Eu pesquisei um pouco sobre você e descobri que seu antigo filho o meu antecessor o Jason Grace foi morto ele era do antigo acampamento romano vai ver por esse motivo eu recebi o nome de Jason Grace, e acho que você não me reclamou até agora pois ficou com medo deu ter o mesmo destino dele e morrer em combate tentando honrar o nome do senhor mas mesmo que não reclame me como seu filho uma coisa, sem ou com poder eternamente lutarei por você ,pois é o único parente vivo meu.[b]

[b]Um lagrima descia dos olhos do garoto que dava um passo a frente então tocava nos pés daquela estatua de seu pai então o garoto olha para estatua e se abaixa então o garoto da um soco no chão e se levanta então olha para estatua grita com raiva:


-JÁ ESPERAVA ISSO SE FOR REALMENTE MEU PAI EU TE PEÇO ME MOSTRE ME DE UM SINAL POR FAVOR

Na quele instante um raio caia sobre o garoto que caia no chão deitado aquele raio foi muito forte poderia ter matado um ser humano comum mas apenas fez jason cair no chão o garoto moreno de cabelos negros com olhos azuis e se levantava ,então tirava puera do capote e dava um sorriso pensando.

"Obrigado meu pai aceitarei isso como um vosso sinal de reclamação como vosso filho, a partir de hoje lutarei pelo senhor e com o senhor para vingar o nome dos meus irmãos do passado irei fazer jus ao nomes deles."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Silver L. Pardone
Indeterminados
Indeterminados
avatar

Mensagens : 1
Pontos : 19971
Reputação : 100
Data de inscrição : 28/06/2012
Idade : 21

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Qui Jun 28, 2012 4:49 pm


Silver Lunae:
16 Anos •



APELIDOS:
• Insano
• Silver

DATA DE NASCIMENTO: 26/03/1996
CIDADE: Las Vegas
ESTADO: Nevada

PAIS DIVINOS: Hades




_________________________________________________________________________

CONTATO OFF'


IDADE: 16

JÁ JOGOU RPG? Sou dono de 3 foruns, filho de Athena em um de PJ, usuario de Espirito em um de Vampire Academy, Membro da Morada Dark e professor em um de House Of Night, Tânatos em um de PJ.


_________________________________________________________________________

Historia



"A breve historia daquele que está perdido entre o onten e o amanha."
0 ~ 6 Anos
Desde pequeno sempre se virando pois sua mãe era dona de um bar e nunca lhe derá atenção, isso acabou desenvolvendo uma raiva por ela que se manteve contida por muito tempo, nessa epoca conheçeu tambem Lise filha de um cliente do bar, que se tornou uma amiga muito proxima, um considerava o outro como irmão.
7 ~ 10 Anos
Lise contrai uma doença mortal e morre, Silver entra em depressão e após muito tempo finalmente se rebelou e ateou fogo ao bar de sua mãe oque resultou na morte da mesma, foi mandado para o reformatorio onde conheçeu Marcos que tambem se tornou um amigo e em seguida foi para um orfanato com Marcos, no dia de seu aniversario de 10 anos foi adotado por uma familia rica e se mudou para a Irlanda.
11 ~ 15 Anos
Silver foi matriculado no colegio Saint Anne um colegio Catolico, onde fez aulas de piano e violino, até não aguentar e matar sua familia adotiva, roubou tudo oque pode da casa e fugiu do pais voltando para os Estados Unidos, onde encontrou Marcos que havia mudado drasticamente se tornando um ladrão de carros.
16 Anos ~ Atualmente
Começou a trabalhar com Marcos em um desmanche mas acabou sendo descoberto, Marcos foi preso enquanto Silver fugia, Marcos foge da cadeia e começa a caçar Silver, se juntou ao acampamento meio sangue pois era a forma mais segura de fugir de Marcos, pretende causar muitos problemas, não se lembra de grande parte da sua vida, as vezes tem flash back's que mostram partes aleatorias de sua vida.


Ida ao templo
Após chegar no acampamento, me dirijo até o templo onde deveria ser reclamado por meu pai, Hades.
Me aproximo de sua estatua e observo os outros campistas pensando:
"Oque eu faço?"
Me ajoelho na frente ta estatua e digo:
-Sei que não passo de um mero desconhecido para você, mas peço que você senhor do sub-mundo ouça minhas palavras. Eu sou Silver Lunae filho de Anne Lunae, nunca lhe pedi nada nem esperei por algo seu, mas peço que me reclame como seu filho.
Me levanto e olho para a estatua dizendo:
-Nunca dei valor a minha vida nem a vida de ninguém, acho que isso me qualifica como seu filho.


Sobre seus Familiares
1º Mãe: Anne Lunae, Vinda da alemanha quando tinha 9 anos herdou o bar que seu pai criou aqui, nunca se preocupou com seu filho pois considerava o bar como o seu unico e verdadeiro filho.
2º Pai: John Macgrin: Viveu na irlanda onde era um medico bem sucedido adotou Silver com sua mulher após a morte de seu filho.
2ª Mãe: Mary Macgrin: Casada com John Macgrin era uma advogada que perdeu seu filho em um acidente de carro, após isso adotou Silver.


Objetivo
Apesar de agir como alguem mal seu maior objetivo é sobreviver, após a Morte de Lise e a revolta de Marcos irá demorar a fazer amigos novamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Breno .H.
Indeterminados
Indeterminados
avatar

Mensagens : 1
Pontos : 19961
Reputação : 100
Data de inscrição : 29/06/2012

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Sab Jun 30, 2012 6:52 pm

Em uma noite fria,sombria e esquisita no Acampamento Colina Impérial, eu estava saindo do meu chalé para fazer a minha oração.Ao entrar no templo me ajoelhei e disse:
-Senhores Deuses olimpianos quero fazer essa oração diretamente para Lord Poseidon.Lord Poseidon estou aqui fazendo essa oração para que o Senhor me reclame como o seu filho,sou um semi-deus novato,mas posso mostrar muitas coisa na minha vida de Héroi,quero poder lutar e ganhar sem desistir,se por acaso eu cair me levantarei para lutar até não aguentar mais,eu garanto que um Deus como o Senhor faria isso também,se por acaso você me achar fraco,treinarei para ter a honra de ser chamado de Filho de Poseidon.Lutarei ,até não aguentar mais para honrar seu nome e o nome do
Olimpo.

|Passarei o Teste para ver se você hora-rá meu nome By: Poseidon|
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cale K. Magnus
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite
avatar

Mensagens : 1
Pontos : 19931
Reputação : 100
Data de inscrição : 02/07/2012
Idade : 21

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Ter Jul 03, 2012 12:39 pm

Cada vez que chegava mais perto do templo, mais rápido meu coração batia. Mãos trêmulas, pernas pouco bambas, dentes rangendo, eu estava muito nervoso.
Usava um jeans preto, uma camisa rosa com gola em "V" um tanto justa, que deixava um pouco a mostra o tórax. Segurava firme uma corrente de prata em meu pescoço, e de 15 em 15 segundos,
ajeitava a camisa, me preocupando em estar apresentável.
Entrei em um belo templo, um templo de digníssima e inigualável beleza, onde um cheiro doce de flores emanava do templo. Uma estátua de uma bela mulher fora posta no centro do templo,
como um altar.
Ajoelho-me em reverência, fecho os olhos, e faço uma breve oração:

"Linda Deusa Afrodite, reconheça-me como teu filho. Lhe prometo ser fiel sempre, nunca a desapontando, nunca a desonrando,
Prometo que lhe darei orgulho, batalhando contra quem ousar afrontar-te, ou batalhando em teu nome,
Irei sempre em busca do teu olhar, para que possas um dia reconhecer-me e dizeres:
Este é o filho de Afrodite, que tanto me orgulha,
Serei belo como você, amável como você, e poderosamente no orgulho de dizer:
Eu sou um Filho de Afrodite"


Levanto a cabeça, olho para o rosto dela, dou um leve sorriso e me levanto.
Saio do templo confortável, tragando o suave cheiro de flores que ali havia.



Reclamado By: Caos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Meredith Gallagher Stam
Filhos de Quione
Filhos de Quione
avatar

Mensagens : 25
Pontos : 19948
Reputação : 103
Data de inscrição : 03/07/2012

Ficha de Personagem
Nível: 13
Vida Vida:
750/750  (750/750)
Energia Energia:
750/750  (750/750)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Qua Jul 04, 2012 12:22 pm

Era uma noite de clima frio, mas não ventava muito, e o céu estava claro, com a lua linda em cima de um manto negro e pintado pelas estrelas. Olhei com os meus olhos verdes e as chamas da fogueira realizavam um baile lindo ali, via que muitos campistas estavam sendo reclamados, e alguns reclamados estavam felizes e conversando e comemorando com seus novos irmãos, sentia o calor da fogueira que empatava totalmente o frio, e fechei os olhos juntando as mãos perto do corpo e comecei a orar:

"Deusa Quione, linda como a neve, venho por direito de ser sua filha a lhe pedir que me veja como sua filha, assim como os outros deuses viram os outros campistas como seus filhos. Amo o frio, pois venho de um país frio chamado Suíça, e enquanto tinha as nevascas mais fortes, eu estava ali como se não fosse nada demais, como se fosse um tempo fresco e uma brisa de verão. Mas além disso, Deusa Quione, imponente e temida pelos inimigos igualmente como uma grande nevasca, quero poder te defender e honrar o seu lindo e grandioso nome, Deusa Quione, me reclame como sua filha."

Fiquei ali em pé, olhando confiante para as chamas e um vento frio subia pelas minhas costas, me deixando arrepiada, e mesmo assim fechei os olhos e sussurrei:

"Deusa Quione, me mande um sinal, qualquer sinal de quem me ouviu, e eu ficarei muito grata."

Recuo e me sento isolada dos outros semideuses pensando e rezando para que Quione me escutasse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ashley Gomes
Filhos de Phobos
Filhos de Phobos
avatar

Mensagens : 11
Pontos : 19921
Reputação : 100
Data de inscrição : 03/07/2012

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Qua Jul 04, 2012 12:58 pm

Antes


Era para ser apenas um passeio até a praia, mas tudo se transformou em terror quando eu e minha mãe fomos atacadas por um monstro, um ser mitológico que eu nem sabia que realmente existia.
Ver minha mãe ser morta na minha frente tinha me deixado estática, nervosa, triste, abalada e muito mais...
Porém logo tive que acordar para a vida e seguir em frente, havia conseguido por pouco fugir do tal monstro cujo o nome nem sabia, logo encontrei ajuda de um garoto que ao chegarmos num estranho acampamento me mostrou se um sátiro - um garoto metade bode - e falou-me que eu era uma meio sangue, fiquei muito confusa e demorei dias para entender o que acontecia....


Agora


Eu andava por aquele acampamento, já estava acostumando-me com aquele lugar, mas todos falavam sobre seus pais, tinham irmãos e irmãos... tudo em quanto, mas eu não tinha sequer um sinal de quem era meu pai... eu sabia que era uma olimpiano, pois eu não era adotada, mas eu queria um sinal, queria respostas, e ninguém me fornecia isso, a dor da perda ja sumia e era ocupada pela saudade...
Mas nada se comparava a tamanho sentimento e andando por entre chalés e templos um me chamou atenção, mas não era só isso havia uma aura de poder que a circundava e ao mesmo tempo me chamar, me atrair para aquele templo, e eu não entendia isso...
Ao chegar bem próxima todo o sentimento de perda se foi, apenas a felicidade me invadia, as lembranças boas de minha mãe vinham em minha mente, aquilo parecia um sinal, tinha que ser um sinal, eu não estaria tão louca, aliás deuses existem! Descem na terra e tem filhos, porque isso não poderia ser um sinal?

Me aproximei mais do templo, que continha uma estatua de um belo homem, a aura que circundava o mesmo parecia chamar-me mais, olhei para as letras gravadas em grego na estatua e lí 'Phobos' aquilo tinha me imprecionado, não sabia que conseguia traduzir grego, mas isso não emportava... nada mais emportava...

Me aproximei, o medo não mais me afligia, a dor da perda sumia, e a felicidade me invadia.

Logo disse, quase em sussurro, enquanto me aproximava:

"Pai? É você? nossa, que felicidade encontrar-te finalmente, não sabes quão alegre me encontro no momento pois conhecer-te sempre fora meu sonho.
Sempre procurei por você, mas não tinha como e minha mãe nunca quis encontrar-te novamente... ela disse que você tinha nos largado, mas a tristeza em seus olhos mostravam o quanto ela ainda te amava.
Pai.. preciso de ti, preciso de respostas, ajude-me, não careço de nada além de teu reconhecimento e orgulho.
Quero, horar-te, mostrar-me verdadeira de possuir teu sangue em minhas veias, capaz de ser tão boa quanto qualquer um aqui..."



Uma lágrima escorreu por minha face, e logo me retirei, calmamente, sem pressa, nem demora, pois a vida é bela e o que importa é o agora.


Última edição por Ashley Gomes em Sex Jul 06, 2012 7:23 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Logan W. Henderson
Filhos de Hécate
Filhos de Hécate
avatar

Mensagens : 24
Pontos : 19924
Reputação : 100
Data de inscrição : 05/07/2012

Ficha de Personagem
Nível: 14
Vida Vida:
700/700  (700/700)
Energia Energia:
700/700  (700/700)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Qui Jul 05, 2012 1:06 pm

Oração á Hécate


Estava em meus aposentos no Acampamento Colina Imperial, ainda indeterminado; estava cansado de ser isolado, eu queria diversão, reconhecimento e o mais importante, ter uma mãe. Meu pai havia falecido quando tinha 8 anos, desde então vivo pelas ruas de Los Angeles esperando por algum resgate familiar. Como eu me sustentava? Eu roubava... mas não era tão bom nisso, fui parar na delegacias algumas vezes... ok! Foram várias vezes. Até que um dia, eu comecei á ver coisas estranhas. Eram monstros. Sei que qualquer pessoa, não semideus, acharia estranho, mas eram monstros. Eu passei 7 anos lutando com esses caras. Até que um dia eu encontrei um lugar lindo, era o Acampamento Colina Imperial... eles me acolheram e me ensinaram tudo o que tinha que aprender e é por isso que estou aqui pedindo para ser reclamado por você, Lady Hécate:

"Gostaria muito de ser vosso filho, não te decepcionarei em nenhuma ocasião, pelo contrário só irei te trazer orgulho. Desde criança aprecio a arte da magia. Não tenho muito o que falar aqui, mas o que estou dizendo é a mais pura verdade... eu não gostaria de ser teu filho, eu SOU seu filho, pressinto isso. Bom... acho que é só, espero que pense nisso."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Evelin Delacourt
Filhos de Perséfone
Filhos de Perséfone
avatar

Mensagens : 3
Pontos : 19903
Reputação : 100
Data de inscrição : 05/07/2012

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Qui Jul 05, 2012 3:26 pm

Respirei fundo. Contei até dez. Tentei não desabar em lágrimas.
Caminhei pelo salão, tentando achar a estátua da mulher que diversas vezes eu via em meus sonhos - Aquela Deusa de cabelos de Ébano e lábios rubros, mais encantadora do que Afrodite. A eterna dama Perséfone.
Aquela mulher que meu pai dizia ser a minha mãe.
Não demorei para encontrá-la. Realmente, a imagem da perfeição se destaca entre mundanos. E lá estava ela, representada em mármore alvo. Parecia um anjo me sorrindo.
Ajoelhei-me aos seus pés, incapaz de não sucumbir aos encantos da Deusa.
E rezei:
"Perséfone, Deusa Primaveril que deu origem aos Mistérios de Eêusis, ouça a minha prece. Há anos procuro aquela que o meu pai disse ser a minha mãe, e agora encontrei-te, minha Deusa, minha Rainha. Tenha-me como tua filha, juro honrar-te ou morrer tentando. Minha mãe. Tenha piedade de uma alma que vagueia em busca do teu consolo."
As lágrimas rolavam pelo meu rosto sem esforço algum, e eu não fazia nada para impedi-las. Não fazia sentido esconder a adoração que eu tinha por aquela Mulher.
Saí do Templo nesse estado de espírito, desejando de todo coração que Perséfone me atendesse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sebastian R. Lounch
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes


Mensagens : 10
Pontos : 19910
Reputação : 100
Data de inscrição : 05/07/2012

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Qui Jul 05, 2012 5:11 pm

MINHA PRIMEIRA ORAÇÃO.


Um borrão. Sim, eu queria dar exatamente um borrão em toda minha plena vida. Não havia acontecido nada de interessante; apenas fracassos, derrotas, apenas derrotas. Porém, o fato que era um líder nato se expandia a cada chance em meu corpo. Acordei no chalé de Hermes, com ambas as mãos afundadas nas extremidades de meu cabelo. Um gesto de preguiça claro, apesar de ter tido uma noite relaxante. Dormir em um colchonete não era fácil; gostava realmente de dormir em altas beliches, ficar mais próximo ao teto. Sentia-se muito bem ao me aproximar a todavia do teto, que parecia se levantar a cada vez mais que eu subia. Saber a razão, devia ser por conta de meu TDAH e minha ansiosidade; o resultado dessas duas "doenças" juntas.

Levantei-me dali e apenas caçoei meu uniforme do Acampamento Colina Imperial; que seria um pouco bonito, mas não substituía roupas formais e elegantes. Tirei minha camisa dos Vingadores, o meu normal pijama, e vesti a camisa do Acampamento. Por fim, vesti-me nas partes restantes, e calcei um All-Star preto de algumas cores exóticas em suas extremidades. Saí do chalé XI, o de Hermes e Indefinidos, e segui rumo até uma região aleatória; havia ido para a região dos Templos.

Embora não fosse muito diário que eu me ajoelhasse e orasse, eu tinha que fazer isso. Era um ato de respeito para meu futuro pai, que não havia me dado nem uma dica sequer sobre quem ele seria. Não esperava que fosse alguém tão bom quanto Poseidon ou Zeus, e sim a um nível normal como Hermes ou Dionísio. Mas mesmo assim, estava em uma torcida muito grande para que meu progenitor imortal fosse o o deus dos ladrões e viajantes, Hermes. Ergueu o pescoço para o alto e o girou em 45 graus, aquecendo-o para o que poderia me esperar adentro aquele quão luxuoso templo de Hermes.

O templo não passava de uma grande construção luxuosa; com pequenos defeitos que dificilmente são notados. Porém, eu notava em tudo; principalmente o que era formal demais para ser verdade. Paredes com cores normais e primárias, um chão totalmente polido. Uma estátua extremamente grande de Hermes se encontrava ao centro do Templo; ele parecia estar furioso, como sempre aparece em todas as obras de Arte referentes a ele. Segurava seu Hermes com precisão; suficiente para que seja atirado até longe. Engasguei com minha saliva, enquanto tentava tossir, e aos poucos fui me ajoelhando, enquanto me aproximava a todavia a estátua de Hermes.

Quando cheguei nela, fiz uma reverência digna para um deus quão grande como Hermes, e ditei.


- Ó, senhor Hermes. Humilho-me aqui para pedir sua digna reclamação minha como cria sua. É apenas isto que peço; ao decorrer dos tempos, te prometo ser glorioso peirante a seu nome. Honrarei-o a todas as custas, meu senhor. Lembre-me sempre com atos ousados e arriscados que precisarei melhorar, SEMPRE. Não que seja uma ordem, mas realmente necessito que me reclame. Enfim, eu sei que seu sangue divino corre em minhas veias, sr. Hermes. Desculpe incomodá-lo. Até logo, talvez.- desfiz minha reverência, e em seguida me levantei. Andejei afora o templo, olhando constantemente para trás. Com toda certeza, eu voltaria a ver aquela estátua muitas vezes.


Última edição por Sebastian R. Lounch em Sex Jul 20, 2012 6:16 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Barbara McFenix
Indeterminados
Indeterminados
avatar

Mensagens : 4
Pontos : 20544
Reputação : 100
Data de inscrição : 01/07/2012

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Qui Jul 05, 2012 8:52 pm

Há um mês... Há um mês entrei nesse acampamento, deixando tudo para trás, minha escola, meus amigos, meu namorado e minha mãe, destino cruel mais sei que algo de bom ira acontecer... minha mãe morreu eu poder sobreviver e ser reclamada por meu pai... Na Escola era uma aluna exempla mesmo tendo muitos defeitos... Era boa em natação, eu conseguia fica quase 7 minutos sem respira dentro da água.
Um Certo dia descobrir uma estatua no lago, era a estátua de Poseidon, eu sentia algo muito semelhante respirava fundo e se ajoelhava e então começava a orar:

- Poseidon, estou aqui para te pedir que me reclame, eu sei que sou sua filha, eu sinto isso por favor Poseidon ou melhor pai me ajude, me reclame. Há um mês estou aqui, acho que o senhor e muito ocupado e não percebeu que eu sua filha estou aqui no acampamento, todos que entraram comigo foram reclamados, só eu que não e por isso faço essa oração ao senhor, que me reclame para poder honrar seu nome, eu prometo honrar e respeita o senhor, mas me reclame. Lembre meu nome e creia que nunca esquecerá, eu Barbara McFenix Honrarei seu nome e serei forte para mostrar o quanto respeito o senhor, mas para isso como eu já tinha falado creio que me abençoe, só isso, só isso senhor Poseidon.
Ela chorava mais mesmo assim sabia que algo de bom aconteceria.



|Passarei o teste para ver se é digna de tal grandeza|
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luke Worrall Dorian
Indeterminados
Indeterminados
avatar

Mensagens : 1
Pontos : 20501
Reputação : 100
Data de inscrição : 05/07/2012

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Sex Jul 06, 2012 4:05 pm

"Um herói?" eu sussurrava para mim mesmo. "Então AGORA eu posso ser um herói?" queria rir, não de felicidade, porque isso na verdade parecia uma piada, mas tive que me conter porque sentia que parecia um maniaco insano. Podia ver os olhares dos campistas em mim. Nada bom. Nada bom. Não chame atenção. Saia daqui. "Isso tudo é uma idiotice...Não ele. Não pode ser ele." tentava falar entre passos e sem perceber, estava correndo. Corria o mais rápido que eu podia, tropecei algumas vezes, mas isso sempre fez parte da minha vida. "Essa perna idiota" resmungava enquanto levantava a cabeça para ver onde tinha chegado. Um lago. Fui andando, meu corpo relaxando tentando ignorar o resultado do esforço na perna esquerda. Sentei na beira do lago, perna direito dentro da água, a outra fora." 'Evite molhar a prótese'. médico idiota" falei. Nunca tivemos condições de comprar uma perna mecânica melhor. Mas chega um tempo que você se acostuma. Olhei pro lago. "Você podia ser meu pai." sussurrava, ainda tinha esperança. Sempre tive alguma ligação com Poseidon, sempre o adorei. Poderia ser seu filho... sentiria o maior prazer. Suspirei e repousei minhas costas no chão. O cheiro de terra sempre fez bem porqu eera quando eu lembrava que eu não era o único a ter sido excluído pelos os outros. Odiado. "Eu te entendo" falei em um suspiro. "Sei como dói" Sim. Seria uma honra ser um filho de Hades. Mas...era como se ele me abençoasse. Mais nada. Não tinhamos outra ligação. Não como tenho com Poseidon. Que por sua vez não chegava aos pés da ligação que passei a sentir com Ele depois daquele sonho. Fechei os olhos e o sonho passou na minha cabeça.

/ " Toma", uma criança me entregou um boneco e saiu correndo para a área de embarque. Um aeroporto. Não parecia com nenhum que eu já estivera. "Ah não! Não! Ninguem merece." Sempre odiei aeroportos. Não por causa dos aviões. Mas por causa daquela droga de máquina detectora de metal, odeio chamar atenção, mas eu tinha aquela droga de prótese. Queria sair dali. Não estava pronto para tantos olhares. Mas de repente esse sentimento desapareceu porque uma parede ENORME me chamou a atenção. Na verdade, não era bem um aparede ja que se dava para ver atravès dela. Mas o que mais chamou atenção, foi o que ela me mostrava. Um mar. Um mar vermelho, como se estivesse pegando fogo e que, de alguma forma, me lembrava o Rio Sryx. 'Hades', pensei. Mas de repente o mar ficou azul. A água era indescritivelmente linda. "Poseidon" falei "É ele." Mas não durou muito porque aquilo deixou de importar. Aquele mar perfeito não me importava mais. Eu estava no avião. Sozinho. Fui até a cabine do piloto, vazia. Como eu estava voando? Por que estou tão tranquilo? Um filho de Poseidon não poderia...ao menos era o que dizia naqueles livros. Sentei na poltrona do piloto. Eu gostava daquilo. De estar no alto. No comando. E então eu acordava do sonho./

Resistir em abrir os olhos. Não pode ser Ele. Tantos deuses e... justo Ele? Justo aquele que eu mais odiava? Não...tinha que ter outra alternativa. Sou bom em lançar coisas e com arcos, certo? Poderia ser um filho de Apolo. ' É, realmente. E você tinha que ser. Com essa perna inútil, você tinha que ter pelo menos um vantagem.' Uma voz falou na minha cabeça. Eu mordi a língua. Queria odiar cada parte dele em mim. Mas a verdade é que não posso odiar aquele que me criou. "Se for realmente ele..." sussurrei. "...explicaria muita coisa." Fechei os olhos e, em toda aquela escuridão, outra voz tilintou na minha mente 'Seu dom é a sua maldição'


(Oração não é apenas uma prece, oração também pode ser um ato de louvor diante de um ser divino, minha oração foi um ato)

Voltar ao Topo Ir em baixo
Bruce Banner
Filhos de Hécate
Filhos de Hécate


Mensagens : 1
Pontos : 19981
Reputação : 100
Data de inscrição : 27/06/2012

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Sex Jul 06, 2012 5:39 pm

Oração a Hecate


Faz hoje três anos de que cheguei aqui no Acampamento Colina Imperial, ainda sou uma índerteminada; tenho 15 anos e meu pai morreu quando eu tinha 8 anos eu vi meu pai ser morto, e desde então vivo fugindo de monstros e andando pelos becos de Los Angeles. Desde que cheguei aqui sempre sou mal tratada pelos reclamados, principalmente pelos filhos de Ares que adoram tirar uma da cara dos novatos e digamos que humilhar eles, sempre gostei da escuridão e me destaquei com coisas relacionadas a Magia, nesse meio tempo que fiquei aqui aprendi sobre alguns deuses e é por isso que eu estou vindo a esse templo para orar para Hécate.

'' Lady Hecate, sempre me destaquei em artigos relacionados a Magia e sempre gostei da escuridão, quero que você me reclame como sua filha, pra mim honrar o seu nome diante de todos e mostrar que és uma deusa poderosa, eu sinto que sou sua filha, tenho um pressentimento disso e quero que me reclame.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Charlotte Haner
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo
avatar

Mensagens : 16
Pontos : 19908
Reputação : 100
Data de inscrição : 05/07/2012

Ficha de Personagem
Nível: 03
Vida Vida:
250/250  (250/250)
Energia Energia:
250/250  (250/250)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Sex Jul 06, 2012 7:49 pm

Era dia. Eu estava observando de longe o chalé 11, onde todos os indefinidos ficam, e algo dentro de mim mesma disse que aquele não era meu lugar. Eu pudia sentir o calor da luz do sol entrando em meus poros, e de alguma forma, me deixando mais forte, mais confiante. Lembrei-me da difícil chegada até o acampamento e como foi difícil acreditar que os deuses ainda existem. Passou-me pela cabeça todos os meus talentos naturais com arco e flecha, e como eu era precisa e confiante quando estava com um ambos na mão. E havia também minha ligação com o Sol. Sempre me sentia melhor em sua presença, como se ele realmente fizesse parte de mim. E eu sabia, que isso tudo não era em vão. Eu não gostava de escrever poemas e ficar a luz do sol porque eu era simplesmente uma pessoa comum. Não. Algo dentro de mim sabia que isso tudo havia uma ligação com meu pai divino, e, após minha chegada ao acampamento, tudo pareceu fazer sentido, e pelo menos uma vez na vida eu tinha uma certeza em mente: eu era filha de Apolo. Me aproximo da fogueira lentamente e começo a fazer uma breve oração em silêncio: " Ó Lorde Apolo, deus do sol e das profecias, sinto seu sangue percorrer minhas veias, sinto parte dos seus talentos aparecendo pouco a pouco em meu caminho. E eu sei que tudo isso não é em vão. Peço que me reclame como sua filha, para que eu possa honrar teu nome desde já. Obrigada."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Carly Donovan Dinensen
Filhos de Hécate
Filhos de Hécate
avatar

Mensagens : 13
Pontos : 19905
Reputação : 100
Data de inscrição : 05/07/2012
Idade : 22
Localização : Eu to onde você menos imaginar

Ficha de Personagem
Nível: 2
Vida Vida:
200/200  (200/200)
Energia Energia:
200/200  (200/200)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Sex Jul 06, 2012 8:41 pm

Estava uma noite calma, ao menos que a festa que faziam fosse sinal de calmaria. Os filhos de Apolo tocavam liras e outros instrumentos, emitindo uma melodia doce e calma. Os filhos de Ares, brigavam entre si e com os filhos de Atena, como era de costume. E as filhas de Afrodite, bem, elas estavam cuidando da aparência. Todos os campistas estavam juntos comemorando e festejando, menos eu. Não que eu fosse antissocial, mas por escolha própria eu fazia um certo isolamento dos outros, me julgavam diferente, e até mesmo louca por dedicar grande parte de minha vida com estudo de magia, achava mais interessante do que ficar com pessoas que só se importavam com si mesmas. Decidi dar um basta nisso e fui até a fogueira, juntei as mãos perto do peito e fechei os olhos deixando os cabelos caírem pelo rosto e comecei a orar:

Hécate, bom, nao sei o que dizer muito aqui, mas lá vai.
Eu passei por muitos momentos na minha vida, bons e ruins. Mas descobrir que sou sua filha e melhor ainda, principalmente depois de eu descobrir que eu tenho um grande interesse por magia, o que me deixou mais impressionada.
A cada dia que passou, sofri muitos perigos, mas eu superei eles quando eu sentia que a senhora estava comigo, através da mágica, minha casa onde vivia com meu pai tinha um local secreto com vários itens para fazer magias, como livros e ingredientes, e eu passava todos os meus melhores momentos lá e eu me sentia segura.
Meu pai me levou para lá com 5 anos, era incrível isso, mas quando me sentia triste e frustrada, eu corria para lá e ficava ao redor dos materiais, e todos as minhas tristezas e frustrações iam embora.
Me veja, me sinta, me reconheça como sua filha Hécate, amo magia como a senhora ama seus filhos e filhas, e eu provarei que eu nao menti em dizer que ser sua filha foi uma grande vitoria pra mim.

Abri os olhos e olhei para os céus, os meus olhos de cor roxa escorria algumas lágrimas, e sussurrei:
"Me mande qualquer sinal, e ficarei muito grata.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Zack Tenisson
Indeterminados
Indeterminados
avatar

Mensagens : 3
Pontos : 19923
Reputação : 100
Data de inscrição : 03/07/2012

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Oração a Hades Sab Jul 07, 2012 3:21 pm

Estava no Acampamento colina Imperial , me arrumando para fazer a minha oração . Ao acabar de me arrumar andei até o templo ... Quando cheguei me ajoelhei e disse :

- Deuses Olimpianos , quero fazer essa oração diretamente ao Lord Hades . Lord Hades quero treinar , ganhar batalhas , pra que o Senhor me reclame como seu filho . Ganharei batalhas guerras o que tiver contra mim na minha vida para poder ser seu filho . Sou determinado a ganhar qualquer batalha sou novato mais com um coração forte , sou capaz de provar isso , tenho tudo para ser um semi-deus forte honesto e leal a quem ganhar minha confiança e tudo mais . Sou Zack Tenisson e posso te provai isso . Não desisto dos meus objetivos e sim vou até o fim com eles . Lutarei para honra seu nome e o nome do Olimpo.


Última edição por Zack Tenisson em Sab Jul 07, 2012 3:24 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Ser Reclamado Por Hades)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sarah L. Black
Filhos de Éolo
Filhos de Éolo
avatar

Mensagens : 1
Pontos : 19881
Reputação : 100
Data de inscrição : 07/07/2012

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Sab Jul 07, 2012 5:09 pm

Infelicidade... E uma sensação horrível para todos, eu tinha ódio, ódio da minha mãe que nem conhecia... Em toda minha vida morei na rua e por isso a infelicidade para mim não era nada, hoje eu dou risada do meu passado e tento esquecer-lo. Mas não consigo, você tenta, tenta , tenta mas nunca consegue assim e a vida, meu pai me deixou para morre nas ruas de New York, mas eu sobreviver por quê fiquei forte o bastante para sobreviver nas ruas, no frio e no calor!Não importa o que venha ganharei o desafio, afinal eu sentia algo estranho em mim e por causa disso eu entrei para o Acampamento Colina Imperial, sempre era atenta e boa nos treinamentos mais ainda não tinha sido reclamada. Em um dia desses eu se perdi na floresta e ouvir algo falando "Filha Ore por mim e olharei por ti." Eu não sabia quem era mais seguir a dica, achava que já sabia quem era minha mãe então ajoelhada eu falava:
- Pai, não entendo por quê me abandonou na rua de New York, não entendo por quê me deixou para morrer e por causa disso tenho ódio de você, mas também por causa disso que agradeço, agora sou humilde e resistente... Como você me deixou sozinha nesse mundo terá que me ouvir!Me Reclame Pai ou melhor Éolo, me reclame para eu poder se aproxima de você, para poder honrar seu nome e mostra que sou tão forte como você, seu maconheiro, me reclame, sendo reclamada além de honrar seu nome prometo não ser preguiçosa e ir de qualquer missão possível, não estou brincando seu maconheiro agora me reclame logo antes que eu conte para todo mundo que você nem me deixou morar com minha mãe e quis que eu morresse u.u
Dava uma risadinha mais logo chorava, parecia está brincando mais não estava, respirando fundo levantava e sai da
li.


Última edição por Sarah L. Black em Dom Jul 08, 2012 5:49 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Galahad Archbalt
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes
avatar

Mensagens : 4
Pontos : 19904
Reputação : 100
Data de inscrição : 05/07/2012

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Dom Jul 08, 2012 2:56 pm

Adentro aquele templo rapidamente, sem muita paciência, pois tinha alguns crimes para fazer e falo acendendo um cigarro para a estatua do meu pai e falo:

-Como deveria te chamar, pai não é?Hermes deus dos ladrões, dos vagantes sem rumo, das cobras e principalmente mensageiro dos deuses, sou um ladrão, traficante, sou o da pior raça possível, mais faço jus ao seu nome não é mesmo papai, então peço que me reclame como o seu filho, se você pelo menos se mostrar ter caráter para tal feito...

Olho para o lado e vejo alguns dracmas como tributos dados ao meu pai, sem demora,pego o prato e boto tudo no meu bolso e vou embora correndo daquele templo rapidamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryan Hudson
Filho de Ares
Filho de Ares
avatar

Mensagens : 1
Pontos : 19861
Reputação : 100
Data de inscrição : 08/07/2012

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Dom Jul 08, 2012 10:43 pm

estava no acampamento, no chalé 11 onde todos os indeterminados ficavam. eu era o mais quieto de lá, não queria arrumar confusão como eu sempre fazia. senti uma coisa em mim, e não conseguia mais ficar alli. sai de lá, era um noite clara, a brisa batia em meu rosto, o céu estava cheio de estrelas, e a lua estava linda. Me sentei no chão e começei a orar:
- Ares, eu sei que sou seu filho, descobri isso a pouco tempo, fiquei muito assustado com tudo isso mas aceitei. eu sou muito brigão, pelo visto puxei apenas meu pai, mais eu não quero falar disso, eu queria lhe pedir para que você me reclame como seu filho, pois acho que sou muito talentoso para honrar seu nome. se quer isso me mande um sinal por favor.
me levantei e fiquei olhando o céu estrelado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Emily De La Fortune
Filhos de Íris
Filhos de Íris
avatar

Mensagens : 1
Pontos : 19861
Reputação : 100
Data de inscrição : 09/07/2012

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Seg Jul 09, 2012 2:14 pm

Eu ainda estava um pouco surpresa, não sabia ainda o que fazer,quando adentro o templo da minha mãe, ajoelhada normalmente diante da estatua da Iris, deusa do arco-íris, começo a minha oração:

-Bom, meu nome é Emilly De La Fortune, meu pai disse que a senhora, deixou-me abandonada no campo florido de Denver, aonde o arco-íris aparecia mais forte, disse que era o local preferido seu e dele. Ele dizia para mim que não te amava mais e que era para eu esquecer, mas sempre que via um arco-íris sentia-me estranha, então teve um dia...

As próximas palavras fizeram meus olhos lacrimejarem um pouco:

-Um minotauro atacou a nossa casa, papai morreu para salvar-me e descobri que era uma semi-deusa,fui salva por um centauro que levou-me para esse acampamento,porem nunca posso dizer que não te amo mamãe,sempre senti você,perto de mim e agora mais do que nunca,peço que reclame-me,por favor,mande-me um sinal,como prova que me ama e sempre esteve comigo.

Fico ainda esperando a resposta da minha progenitora, torcia para que ela desse o sinal definitivo como a sua filha, era o que eu, mas desejava internamente no meu coração.





Após um pouco esperar, a garota avistou um Arco-Íris no céu. Um clarão, e do outro lado do templo podia-se ver uma mulher com um aspécto meio hippie. Ela abraçou a jovem semideusa, que chorava, e acalentou-a com pequenas, porém significativas, palavras.
"Sempre estive com você."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Patricia Stella Lux
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite
avatar

Mensagens : 6
Pontos : 21847
Reputação : 100
Data de inscrição : 10/07/2012
Localização : NA MINHA CASA :C

Ficha de Personagem
Nível: 2
Vida Vida:
200/200  (200/200)
Energia Energia:
200/200  (200/200)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Ter Jul 10, 2012 10:59 pm

A Primeira Oração


Era noite de lua cheia naquela noite no acampamento, tudo estava bem natural, as estrelas brilhavam forte, as folhas de árvores caem no decorrer da noite e eu uma novata estava feliz por ser uma semideusa, tinha uma história normal e nem parecia que era realmente uma semideusa, afinal muitos semideuses tinha problemas principalmente na escola...
Bom voltando ao assunto estava perto do chalé de Afrodite e logo via uma estatua dela, estava normal por enquanto quando começo a chorar, eu realmente não sabia o motivo então percebia algo bem família naquela estatua, realmente diferente das outras até mesmo a estátua da deusa do amor era mais linda do que as outros sendo até melhor do que a de Apolo deus da beleza masculina (ou não), realmente era aquilo que eu estava pensando “Será que Afrodite e minha mãe?” Eu não sabia mais mesmo assim fiz a oração, dei um sorriso e comecei a fala:

- Olá Afrodite... Mãe... Meu nome e Patrícia, Patrícia Stella Lux, bom nem sei por que me deram meu nome afinal foi meu pai que escolheu... Desculpe acho que está perdendo seu tempo mais eu nem sei o que fala direito afinal nunca fiz isso na minha vida – Dava um pequeno sorriso e voltava á falar – Eu não sei por que me abandonou, não sei por quê me deixou sozinha com meu pai, mas mesmo assim admiro a senhorita, creio que e bela com diz as lendas... Em toda minha vida, quer dizer sendo que sou novinha ainda eu senti sua falta, queria está com você mais parece que isso não acontecerá, mesmo assim eu peço que me reclame então para eu poder honrar seu nome- Respirando fundo continuo a fala – E também gostaria de honrar seu nome como agradecimento por você ter me dado a vida, deve ser difícil se separa de um filho ou filha e por isso que eu honrarei seu nome, mas em troca me der um sinal, me reclame, por favor, mãe- E Assim minhas lagrimas secava eu dava um sorriso e esperava o sinal.


Filha, eu nunca te abandonei, e isso é uma prova viva. RECLAMADA.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daphne Bonacieux Snowfall
Filhos de Nêmesis
Filhos de Nêmesis
avatar

Mensagens : 3
Pontos : 19843
Reputação : 100
Data de inscrição : 11/07/2012
Idade : 18
Localização : Acárdia

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Qua Jul 11, 2012 8:58 pm

Entrei no Templo pensativa. Há muito eu pensava em quem seria minha mãe. Desde pequena, eu morava no campo com meu pai, em um lugar onde eu sempre estava em contato com a natureza, aquilo era sem dúvida confortante. Mas mesmo assim, ficava triste por não conhecer, ou por nunca ter conversado com ela. Quando cheguei ao Acampamento, eu comecei a fazer meus pensamentos e de como ia conversar com ela. Me ajoelhei e comecei a rezar:

Deusa Deméter, me reclame como sua filha. Desde pequena eu vivia em um campo no estado do Texas com meu pai humano e com minha irmã Dawn. Depois nós mudamos para Long Island, onde mesmo tendo prédios, meu pai escolheu uma casa em uma área cheia de vegetação, e eu adorava, sempre me senti bem perto de vegetação. Me reclame como sua filha, sinto que tenho direito de ser sua filha por amar a natureza.

Abri os olhos e depois me toquei que eu poderia ter sido agressiva, e fechei os olhos e refiz minha oração:

"Deméter, Rainha da Agricultura e de todo ser vegetal existente,
Sei que és minha mãe desde o momento que cheguei a esse Acampamento
Me senti atraída pelo seu chalé e pela floresta
As plantas sempre me ajudaram a superar traumas ou minhas dificuldades pessoais como um amor materno
Foram meu porto seguro numa cidade onde era tratado como estranha por ser diferente
Criei um jardim especialmente pra mim, para me sentir aconchegada
Para me sentir perto de você
Da sua presença, quente
Por isso peço que se for minha mãe, que me reclame logo
Desejo te servir e te honrar como filha mais nova,
Porém Talentosa..."


Bufei e percebi de novo que ela era inútil, e não ia servir. Então decidi suspirar e falar seriamente:

Mãe, eu sei que não fui uma boa filha. Mesmo que eu não fosse uma boa em inspirações nem nada, eu venho pedir para que me reclame como sua filha. Como deve ter visto, eu morei no campo desde pequena, e minha fascinação é locais com natureza. Mesmo estando aqui, meu sonho é poder cuidar de toda a natureza, por isso eu lhe peço, lhe imploro e lhe suplico para que me reclame.

Respirei fundo contendo as lágrimas, que naquela hora eram mais fortes e caiam pelo meu rosto.

Eu lhe peço um sinal, apenas um sinal, de quem eu quero e sei que poderei defender e chamar de mãe.

Me levantei enxugando as lágrimas e saí do templo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ω Stefan Diamond
Filhos de Hypnos
Filhos de Hypnos
avatar

Mensagens : 14
Pontos : 19844
Reputação : 100
Data de inscrição : 11/07/2012
Idade : 21

Ficha de Personagem
Nível: 5
Vida Vida:
350/350  (350/350)
Energia Energia:
350/350  (350/350)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Qui Jul 12, 2012 2:27 pm

Depois de dois dias no acampamento eu ainda não sabia quem seria meu pai então resolvo ir até o templo, quando chego na porta do templo dos deuses menores eu paro e medito sobre minha infância cheia de monstros: "eu sempre sonhava como se eu estivesse no sonho dos outros isso era estranho pois se eu dormisse pensando em uma pessoa e sonhava com ela, isso até era legal mais me incomodava um pouco pois quando eu dormia pensando eu meu pai eu sempre via um pássaro, meu pai não poderia ser um pássaro" Eu respiro fundo e entro dentro do templo chego na frente da estátua de Hypnos me ajoelho então começo a orar.

Ó Lord Hypnos deus do sono, primogênito de Nyx eu oro para que você me reclame como seu filho, eu honrarei teu nome em cada batalha travada, em cada luta, em cada ação minha seu nome será lembrado, eu não sou como os outros vários te julgam por ser o deus do sono, falam que você é preguiçoso e coisas do gênero mais eu sei que você não é nada disso. Ó pai, me reclame para que eu possa ter a honrá de poder te chamar de pai, e me tornar um legitimo filho de Hypnos.

Me levanto meio ansioso me reverencio olhando pela última vez a estátua de meu pai e saio do templo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ξ Allef N. Erudon
Filhos de Hécate
Filhos de Hécate
avatar

Mensagens : 61
Pontos : 19881
Reputação : 100
Data de inscrição : 13/07/2012

Ficha de Personagem
Nível: 11
Vida Vida:
650/650  (650/650)
Energia Energia:
650/650  (650/650)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Sex Jul 13, 2012 8:57 am

Oração á Lady Hécate


Estava no meu novo lar, o Acampamento. Eu ficara num chalé, que possivelmente não era meu, o chalé de Hermes; estava cansado de ser isolado, eu queria aventura, diversão, reconhecimento e o mais importante, ter uma mãe. Meu pai havia falecido quando tinha 8 anos, desde então do acontecimento, vivo na casa da minha tia, que desde aos 10 anos me batia sem motivo. Quando eu tinha 15 anos, eu comecei á ver coisas estranhas. Não sabia ao certo o que era, eu era viciado em coisas mágicas e estava pensando que eu estava louco, mais era verdade, eram monstros. Sei que qualquer pessoa, não semideus, acharia estranho, mas eram monstros. Tive que fujir de casa, fiquei andando pelas ruelas e becos de Long Island, até que muito a procurar, encontrei um lugar que tinham pessoas em comum, o Acampamento Colina Imperial... eles me acolheram e me ensinaram tudo o que tinha que aprender e é por isso que estou aqui pedindo para ser reclamado por você, Hécate:

"Olá... Hé... mãe. Gostaria muito de ser vosso filho, não te decepcionarei em nenhuma ocasião, te honrarei, só irei te trazer orgulho. Desde criança aprecio a arte da magia, sou fã das histórias que contam mais sobre isso. Não tenho muito o que falar aqui, mas o que estou dizendo é a mais pura verdade... eu não gostaria de ser teu filho, eu SOU seu filho, pressinto isso. Bom... acho que é só, espero que pense nisso e possa me reclamar com seu filho, lembre-se, eu nunca lhe desonrarei."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Susana von Richtoffen
Indeterminados
Indeterminados
avatar

Mensagens : 4
Pontos : 20616
Reputação : 100
Data de inscrição : 13/07/2012

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado! Sex Jul 13, 2012 10:51 pm

Era uma noite fria, e eu estava no chalé 11 em brigas com garotos com sempre, era incomum vê uma menina brigando principalmente com aparência tão linda, eu fui expulsa do chalé 11 depois que eu briguei com o conselheiro, sai e fui embora, perto do chalé de Ares dava um sorriso e logo pensava "Sera que Ares e meu pai" dava um sorriso e continuava a caminha com meu lindo boné na cabeça, na verdade eu tava ansiosa, não sabia quem era meu pai mas sentia que era ele, dando um sorriso falo:
- Ares, seu coelho que gosta de fica com Afrodite, me reclame, eu sei que sou sua filha, e puxei muito de você principalmente a parte de brigar com qualquer um ou cabeça dura, acho que sou sua primeira filha, só vi meninos no seu dormitório então poderia deduzir que você senti vergonha por ter uma filha?bom, mas nem ligo eu só quero que você me reclame Ares... Vagabundo... só isso e poderia talvez... honrar seu nome... como eu falei talvez,talvez.
Dando um sorriso parava de fala e volta para o Chalé de Hermes para dar outra surra no conselheiro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Seja Reclamado!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Seja Reclamado!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte

Tópicos similares

-
» Santificada Seja Vossa Ruína
» NOOO! Maldito seja Erro inesperado no arquivo!
» oração forte
» Seja um parceiro PJBR
» Duelos e Feitiços

Mensagens predefinidas :
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Acampamento Colina Imperial :: Acampamento Colina Imperial :: Templo-
Eu vi em : http://campcolinaimperialv3.forumeiros.com/privmsg?folder=inbox&mode=read&p=122#ixzz1yulAq5rZ