InícioPortalCalendárioFAQTemploRegistrar-seConectar-se
Você está fora do Acampamento, entre para aproveitar nosso Acampamento

Compartilhe|

MvP Para um indefinido, pode isso produção?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo
AutorMensagem
Atena
Deusa Olimpiana

Deusa Olimpiana
avatar

Mensagens : 62
Pontos : 24508
Reputação : 0
Data de inscrição : 06/03/2012

Ficha de Personagem
Nível: ∞
Vida Vida:
999999/999999  (999999/999999)
Energia Energia:
999999/999999  (999999/999999)

MensagemAssunto: MvP Para um indefinido, pode isso produção? Dom Nov 25, 2012 8:32 pm

O dia estava calmo para o semideus. Ele era um recém chegado, e queria desafio. Um bilhete enviado por uma coruja entrou pela sua janela e nele estava escrito:

-Vá para a Arena, depressa.

O garoto correu até lá e encontrou um ciclope com um clava com os braços pra cima e batendo a clava no chão.

Ciclope: 100hp
Leo Mazzini: 100hp



Obs: post mínimo 7 linhas, me tornei rigorosa
Por ser um indefinido, não pegarei leve, afinal você tem ciência do que escolheu
Boa sorte, se errar três vezes, ou passar do prazo de 48 horas pra postar apartir de agora, morre.


Atena Deusa da Sabedoria



Não entendeu? Eu sou a Deusa que causará a sua morte se me desreispeitar

Voltar ao Topo Ir em baixo
Leo Mazzini
Indeterminados
Indeterminados
avatar

Mensagens : 2
Pontos : 21832
Reputação : 100
Data de inscrição : 21/11/2012

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: MvP Para um indefinido, pode isso produção? Dom Nov 25, 2012 9:00 pm

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
Leonardo acordava no chalé dos indefinidos. Sua vida estava normal, como sempre, e relativamente nada acontecia. Estava tão ansioso nos dias anteriores que perdera toda a graça dos dias ali no acampamento, enfadado principalmente que nunca seria reclamado. O dia estava calmo, normal como todos os outros. Se não acontecesse algo de muito perigoso em sua vida, acharia que o acampamento em si era o azar e não ele que era o malogrado.

Acordou até em um sobressalto, disposto para fazer qualquer coisa que lhe caísse na telha. Estava com força correndo nas veias para disputar uma aventura no acampamento. Ele queria um desafio. Enquanto terminava de se limpar e terminar outras necessidades higiênicas, sentia que tudo estava para vir para o seu lado, as aventuras. De repente, uma coruja bateu as asas fora do chalé e um bilhete que ela tinha caiu dentro do chalé pela janela. A curiosidade lhe invadiu o corpo como nunca antes, e ele leu o bilhete:

“Vá para a Arena, depressa”

Mazzini esqueceu-se de continuar de pentear os cabelos e deixou o bilhete fugir de suas mãos. Aos poucos que saía do chalé, já começava correr em direção à arena com apenas duas coisas consigo: Escudo e Espada. Seu escudo estava preso a sua mão esquerda, tanto pelo suporte metálico quanto as fivelas de couro. Sua espada, ele segurava pelo cabo de couro com força sem deixar oscilar, enquanto via a lâmina refletir a imagem da lua, quando apontada para esta. Era a hora de provar o que tanto queria, fazia tanto tempo.



•••



O indefinido deu seus primeiros passos no piso da Grande Arena surpreso por não ter realmente ninguém te esperando; um som despertou sua atenção, quem sabe um grito de raiva. Logo depois, um som mais estranho ainda: um baque forte contra o piso da Grande Arena, pois esta até tremia. Não muito longe, mas centrado na Arena, estava um homem grande e de músculos invejáveis. Mas em seu rosto, tinha um único olho cor de bezerro. Leo não desejara ter visto ele e muito menos ter visto. Tinha péssimas lembranças de ciclopes.

Lembrava-se de quando era pequeno e tinha sido atacado no seu colégio, por um homem de mesmas características. Ele era forte e grande, mas por incrível que pareça, não era tão rápido. Isso voltou para a mente de Leonardo com tanta frequência que ele pensou como seria difícil aproximar-se de tal. Mas elaborou um plano no qual passou alguns segundos observando o monstro.

Mazzini correu em direção do monstro normalmente, empunhando o escudo em sua frente preparado para defesas. Ele sabia muito bem que ciclopes eram dúzias de vezes mais forte que si, mas não importava-se. Quem for que tivesse enviado-o até ali, deveria saber que ele estava preparado para tudo na vida. Na metade dos metros que separava ele do monstro, ele começou a correr em zigue-zague. Quando aproximou-se realmente do monstro, com medo que ele atacasse, ou segurasse-o, ele estendeu o escudo tentando seguir algum golpe que o ciclope pudesse desferir ou impossibilitar algum movimento. Logo depois de tal ato, fora forçado a simplesmente rolar.

Não tinha pensamento certo do que fazia. Mas rolou diagonalmente, tentando não bater de frente com o inimigo e nem afastar-se dele como era um rolamento para o extremo lado. Enquanto rolava, segurou a espada com força e tentou batê-la contra os pés do ciclope. Se tivesse sorte, poderia machucá-lo e fazê-lo ficar impossibilitado de grandes movimentos. Sabia que rolando, não poderia ser segurado pelo ciclope – e se fosse, tentaria fincar com toda força o que quer que lhe segurasse. Antes de terminar o rolamento, já tinha mais variados outros planos na mente; já movia a perna preparada para um golpe rápido.

O indefinido já terminou o rolamento girando no chão, desferindo um chute rápido e forte contra o pé – machucado ou não – do ciclope, como uma rasteira rápida e precisa – que só pioraria os golpes recebidos pela espada – ou não. Mas também, usava do chute como uma ajuda para se afastar do inimigo – impulsionaria a perna contra o alvo após bater e assim se jogaria para trás com força. Ele estava realmente cansado de pensar tanto e ficar tão preocupado com sua vida em poucos instantes. Mas vivia ali uma grande aventura.

♦Escudo [Campista]
♦Espada [Campista]

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Voltar ao Topo Ir em baixo
Atena
Deusa Olimpiana

Deusa Olimpiana
avatar

Mensagens : 62
Pontos : 24508
Reputação : 0
Data de inscrição : 06/03/2012

Ficha de Personagem
Nível: ∞
Vida Vida:
999999/999999  (999999/999999)
Energia Energia:
999999/999999  (999999/999999)

MensagemAssunto: Re: MvP Para um indefinido, pode isso produção? Seg Nov 26, 2012 10:11 am

O garoto consegue ferir o ciclope, não tanto como ele queria, mas o suficiente para causar uma dor boa, e um ódio mortal do indefinido. Porém, indefinidos não tem sortes, isso já se é do básico, e o Ciclope, furioso, girou o corpo se desequilibrando e bateu com a clava no ombro esquerdo do garoto, o fazendo gritar de dor.



Ciclope: 70hp
Leo: 60hp


Atena Deusa da Sabedoria



Não entendeu? Eu sou a Deusa que causará a sua morte se me desreispeitar

Voltar ao Topo Ir em baixo
Leo Mazzini
Indeterminados
Indeterminados
avatar

Mensagens : 2
Pontos : 21832
Reputação : 100
Data de inscrição : 21/11/2012

Ficha de Personagem
Nível: 1
Vida Vida:
100/100  (100/100)
Energia Energia:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: MvP Para um indefinido, pode isso produção? Sex Dez 07, 2012 6:58 pm

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
Provou da dor, a pior coisa que poderia pensar. Era uma anormalidade impossível de se provar e querer a todo instante, não para Leo. Ele não era masoquista, mas quando ele sentiu seu ombro esquerdo ser atingido pela clava do ciclope - os filetes levemente perfurando sua pele macia -, não aguentou.

Gritou.

Queria espernear-se e agonizar no chão, ou até mesmo morrer do que preferir aquela dor gritante. Seu ombro doía, claro, ele tinha sido atingido por um ciclope. Por ser indefinido, deveria tomar mais cuidados que o normal, deveria até mesmo ter mais sorte e prevenir-se; não, estava ali, guiado por um pedido descomunal - suspeito - que o fizera ter tais problemas. Indefinidos não têm sorte, okay.

- Bobalhão!

Gritou. Não era só o ciclope que estava furioso. Aproveitando o desequilíbrio do ciclope, tentou chutá-lo nas pernas para que evidentemente ele caísse, prevenindo-se de clavas e outros objetos cortantes com o escudo em prontidão, numa tênue decisão de que mataria este monstro. Obsoleto, partiu para o ataque. Mesmo exasperado, mentalmente e pensando milhares de coisas, seus sentimentos eram mutáveis - até demais. Sua espada nem ousava oscilar, pois firmava tanto o cabo na mão que poderia espremer este se o material não fosse forte o suficiente para aguentar. Então, começou seu ataque.

Primeiramente, seus olhos brilharam ao imaginar seu ataque. Seja lá por qual for a brecha que o ciclope deu ao desequilibrar-se, Mazzini se lembrou de quando lutou boxe quando pequeno. A parte que mais doía no corpo ao levar um soco, era simplesmente as costelas. Quando ele desferiu o golpe na tentativa de ferir o ciclope, ele manejou o cabo de tal jeito que estocou em diagonal as costelas, para depois atacar em um dilacero rápido - mais parecido com uma cutilada - em direção da cabeça do monstro. Se o matasse, e se arrancasse toda aquela sua cabeça robusta, seria muito mais fácil livrar-se dos problemas.

♦Escudo [Campista]
♦Espada [Campista]

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: MvP Para um indefinido, pode isso produção?

Voltar ao Topo Ir em baixo

MvP Para um indefinido, pode isso produção?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo
Página 1 de 1

Tópicos similares

-
» AS MELHORES FACADAS DE ELITE PODE ISSO ARNALDO??
» Teste para filhos de Hades
» A Noite Sem Fim - Serenata para a Eternidade (Crônica Oficial)
» Com conseguir dinheiro de graça para sua conta paypal
» Cama nas Casas , Que Desce Para Dormir.

Mensagens predefinidas :
Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Acampamento Colina Imperial :: Acampamento Colina Imperial :: A Grande Arena :: Arena de MvP's-
Eu vi em : http://campcolinaimperialv3.forumeiros.com/privmsg?folder=inbox&mode=read&p=122#ixzz1yulAq5rZ